Sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus do Rio querem aumento real de 5%

O Sindicato dos Motoristas e cobradores de ônibus do Rio de Janeiro (Sintraturb Rio) se reuniu hoje à tarde em assembleia geral para discutir a campanha salarial de 2019. Estiveram presentes cerca de 200 profissionais entre motoristas e cobradores.

A categoria decidiu que irá revindicar um reajuste salarial de 5% mais a inflação, uma cesta básica no valor de R$ 400,00 e um plano de saúde para os funcionários, que estão descobertos em caso de uma emergência médica. E também e o mais importante, segundo Sebastião José, presidente do sindicato, o retorno da data base para o dia primeiro março. Nos últimos dois anos as datas bases ficaram em junho.

Segundo o presidente do sindicato, a categoria também irá lutar para assegurar que nenhum ganho conquistado até agora pela seja perdido. Ele lembrou também que hoje no Brasil, nenhuma categoria de trabalhadores está conseguindo renovar a convenção coletiva mantendo as antigas cláusulas. Mas que o Sintraturb Rio é um dos poucos sindicatos que tem conseguido garantir todos os diretitos conquistados.

Procurada, a Rio Ônibus não se posicionou sobre a proposta ainda.

Fonte: O Extra