ASSEMBLEIA DECIDE PARALISAÇÃO DIA 21, RODOVIÁRIOS DO RIO ANUNCIAM ” PARALISAÇÃO DE ADVERTÊNCIA ” PARA A PRÓXIMA SEMANA

Os integrantes do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do município do Rio de Janeiro (Sintraturb Rio) decidiram, em assembleia na tarde desta segunda-feira, realizar uma “paralisação de advertência” de cinco horas no próximo dia 21, terça-feira seguinte ao feriado da Consciência Negra. Segundo representantes da categoria, motoristas e cobradores que aderirem ao movimento cruzarão os braços das 4h às 9h da manhã na data em questão. A ameaça é que, caso as reivindicações não sejam aceitas pelos empresários do setor, uma paralisação geral por tempo indeterminado tenha início no dia 30 de novembro.

As principais demandas dos rodoviários é a manutenção do reajuste salarial de 10%, além do pagamento imediato de salários atrasados, INSS, férias, cesta básica e auxílio-alimentação. De acordo com o presidente do Sintraturb-RJ, Sebastião José, pelo menos 11 empresas de ônibus que atuam na cidade estão com vencimentos atrasados.

— A situação está tão complicada que profissionais de várias empresas já comunicaram ao sindicato que elas não terão condições de pagar o 13° dos funcionários, o que trará um dezembro negro para todos — afirmou o sindicalista.

Cerca de 750 membros da categoria participaram da assembleia desta segunda-feira, realizada na sede social do Sintraturb-RJ, em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio.

— Em todos esses anos como sindicalista nunca havia visto maior desrespeito com os profissionais que fazem a cidade se movimentar transportando diariamente milhares de pessoas — concluiu Sebastião José.